Educação

Educação

Rio Grande do Norte teve mais de 4,1 mil contratos renegociados pelo Desenrola FIES

23/04/2024


 

O Rio Grande do Norte já teve 4.128 contratos renegociados no Desenrola Fies, programa do Governo Federal voltado para pessoas com dívidas relativas ao Fundo de Financiamento Estudantil (FIES). O número integra o balanço mais recente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e é referente à primeira semana de abril.

O saldo da dívida renegociada no estado ultrapassou R? 165,6 milhões e, apenas com o valor de entrada adquirido nas renegociações, o retorno aos cofres públicos supera R? 5,7 milhões.

Em todo o país, o Desenrola Fies já beneficiou mais de 253 mil pessoas. As renegociações referem-se a contratos firmados até 2017 e com débitos em 30 de junho de 2023. Até o momento, foram renegociados R? 11,51 bilhões em dívidas, resultando em um saldo de dívida posterior de cerca de R? 2,18 bilhões. Apenas com a parcela de entrada, o Governo Federal arrecadou R? 475,6 milhões. Os descontos em muitas das renegociações chegam a 99%.

Essa publicação é um oferecimento

RÁDIO FAROL - TOUROS

Educação

Greve na educação federal: Governo propõe reajuste de 9% para 2025

21/04/2024


 

O governo federal apresentou, nesta sexta-feira (19), proposta de reestruturação da carreira dos servidores da educação federal — técnico-administrativos e professores de universidades e institutos federais — que estão em greve nacional. Pela proposta, será concedido aos servidores reajuste de 9%, a partir de janeiro de 2025, e de 3,5%, em maio de 2026. A informação foi divulgada pelo Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI).

A proposta foi apresentada na sede do MGI, em Brasília, durante a quarta reunião da Mesa Específica e Temporária que debate a reestruturação da carreira.

Para 2024, o governo já havia formalizado, para todos os servidores federais, proposta de reajuste no auxílio-alimentação, que passaria de R$ 658 para R$ 1 mil (51,9% a mais), de aumento de 51% nos recursos destinados à assistência à saúde suplementar (auxílio-saúde) e de acréscimo na assistência pré-escolar (auxílio-creche), de R$ 321 para R$ 484,90.

Segundo o ministério, se forem considerados o aumento nos benefícios e o reajuste de 9% concedido no ano passado, além da proposta feita nesta sexta-feira, os técnicos teriam um reajuste médio global de mais de 20% para a carreira.

Essa publicação é um oferecimento

RÁDIO FAROL - TOUROS

Educação

RN receberá 24 mil chips de internet para estudantes de baixa renda

18/04/2024


 

O Rio Grande do Norte receberá 24 mil chips de internet para estudantes de famílias em situação de vulnerabilidade social, por meio do programa Internet Brasil, desenvolvido pelo Ministério das Comunicações. Em todo o Estado, 97 instituições de ensino serão contempladas, visando fornecer acesso gratuito à internet para alunos da educação básica. A ação deve distribuir outros 76 mil chips em todo o país.

As escolas terão até o dia 30 de abril para realizar suas inscrições por meio da plataforma PPDE Interativo. Caberá a elas definir critérios de distribuição entre os alunos elegíveis, indicar estudantes beneficiados que atendam aos critérios do programa e gerenciar as mudanças que influenciam no direito do aluno ao benefício.

Para se tornar um beneficiário, o estudante deve estar inscrito no CadÚnico com dados atualizados, possuir um dispositivo móvel e não ser beneficiário de chips gratuitos de outros programas do Governo. Serão atendidos os estudantes do 3º ano do ensino fundamental até o ensino médio.

A secretária de Educação do RN, Socorro Batista, destacou a importância na melhoria do acesso à educação e no desenvolvimento comunitário. O programa representa um esforço conjunto para ampliar o acesso à internet nas escolas públicas estaduais, buscando não apenas a inclusão digital, mas também a melhoria da qualidade do ensino.

 

Chips de internet por todo o RN

 

O Programa Internet Brasil contemplará as cidades de Natal, Extremoz, Macaíba e São Gonçalo do Amarante na região metropolitana, além de outras como Parnamirim, Arez, Baía Formosa, Canguaretama, Goianinha e Vera Cruz.

Além disso, o programa estende-se para cidades como Nova Cruz, Lagoa d’Anta, Santo Antônio, Serra de São Bento, São Paulo do Potengi, Riachuelo, entre outras, refletindo o compromisso em melhorar a educação através da tecnologia em diversas partes do estado.

O programa também abrange áreas como Macau, Galinhos, Guamaré, Pendências, Porto do Mangue, Santa Cruz, Tangará, Currais Novos, Caicó, Jardim de Piranhas, entre outras, demonstrando o esforço em promover acesso equitativo à internet e potencializar o desenvolvimento educacional em todo o Rio Grande do Norte.

Essa publicação é um oferecimento

101 FM

Educação

Enem 2024: apenas 5% dos jovens têm intenção de usar notas no Fies

16/04/2024


 

Dos 3,5 milhões de estudantes que podem ingressar no ensino superior por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024, apenas 32,2 mil (ou 5%) têm interesse em usar as notas dessa prova no programa de financiamento estudantil do governo federal, o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). É o que mostra o levantamento divulgado nesta terça-feira (16/4) pela Educa Insights.

De acordo com o material, o número é “muito aquém do necessário para democratizar a formação superior”. Entre os motivos que indicam baixo interesse pelo Fies estão:

não desejar assumir uma dívida com o governo (28%);

não ter avalista — alguém que se responsabiliza pelo pagamento da dívida em caso de inadimplência — para o financiamento (26%); e

juros muito altos (11%).

Para o diretor-presidente da Abmes, Celso Niskier, esses resultados “acendem um alerta para que as regras do Fies avancem ainda mais, e o programa se torne realmente atrativo para os estudantes”.

“O comprometimento da renda, as taxas cobradas e as regras para os avalistas precisam evoluir para que os jovens não sintam receio de investir na formação superior”, completou.

Os estudantes consultados se sentem mais atraídos pelas negociações diretas com as instituições de ensino superior privadas. Cerca de 35% deles vão fazer o Enem visando conseguir bolsa ou desconto nas instituições.

 

Além disso, mais da metade dos futuros universitários dá preferência a outros programas do Ministério da Educação (MEC):

 

33% preferem concorrer a uma bolsa do Programa Universidade para Todos (Prouni)

19% vão se candidatar ao Sistema Único de Seleção (Sisu)

Mais da metade dos estudantes (67%) faz parte de famílias com renda per capita de até meio salário mínimo (R$ 706) — que garante 50% das vagas oferecidas no Fies Social. Enquanto isso, 29% estão na faixa entre meio e 1,5 salário mínimo (de R$ 706 a R$ 2,1 mil), e 4%, entre 1,5 e 3 salários mínimos (de R$ 2,1 mil e R$ 4,2 mil).

 

Fonte: Metrópoles

Essa publicação é um oferecimento

MARE MOVEIS TOUROS

Educação

Ao lado do ministro da educação, Governadora lança do Programa Pé-de-Meia no RN

16/04/2024


 

A governadora Fátima Bezerra e o Ministro da Educação, Camilo Santana, realizaram na manhã desta segunda (15) no Hotel Holiday Inn Natal, em Natal (RN), o lançamento do programa Pé-de-Meia no Rio Grande do Norte. A agenda formalizou a adesão do estado à poupança do Ensino Médio, que beneficiará mais de 60 mil estudantes, com um investimento estimado de R$ 171 milhões.

A estimativa considera o Censo Escolar 2022. O número definitivo será atualizado após apuração das matrículas de 2024 e atualização da base do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

A governadora Fátima saudou a presença do ministro Camilo Santana para o lançamento do programa no RN, destacando a parceria do Governo do Estado com a União no campo educacional, como um momento de conquista civilizatória para o país.  “O presidente Lula, por meio do trabalho do Ministério da Educação, faz história ao implantar uma bolsa financeira para os estudantes do Ensino Médio, um programa que tem uma missão importante. Que tem o destino de valorizar a educação, de lutar cada vez mais para garantir que o lugar do jovem é na escola. E não se trata é nenhum favor que o Estado está fazendo, mas da obrigação de oferecer cidadania aos estudantes. Quem está falando isso é alguém que fez parte de uma geração que por não ter incentivos como esse, ficou privada dois anos de estudar.”  destacou a governadora.

Na solenidade foram divulgados os critérios e as formas de acesso e permanência no Pé-de-Meia para os alunos matriculados no ensino médio público do Rio Grande do Norte.? A colaboração entre o governo federal e os entes federados, no âmbito do programa, ocorre por meio da sensibilização das redes públicas de ensino médio responsáveis por prestar as informações necessárias à execução da política. O Rio grande do Norte já aderiu 100% ao Pé-de-Meia.

Essa publicação é um oferecimento

POTIGUAR HONDA - TOUROS/RN

Educação

Ao menos 41 universidades federais e 49 institutos estão em greve

15/04/2024


 

Ao menos 41 universidades, 49 institutos federais (IFs) e um campus do Colégio Pedro II estão em greve, de acordo com um levantamento realizado pelo g1. Professores e servidores das instituições reivindicam reestruturação de carreira, recomposição salarial e orçamentária, e revogação de normas aprovadas nos governos Temer e Bolsonaro.

Os níveis de paralisação variam. Em algumas instituições, professores e técnicos-administrativos aderiram à greve. Em outros casos, apenas os professores, ou apenas os técnicos, estão paralisados.

Procurado pelo g1, o Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe), que representa os professores e demais servidores federais, informou que, apesar de se reunir desde 2023 com o Governo Federal, nenhuma proposta que contemple as reivindicações dos servidores foi apresentada.

Já o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes) não respondeu aos questionamentos até a publicação da reportagem.

O Ministério da Educação declarou, por meio da assessoria de imprensa, que “vem envidando todos os esforços para buscar alternativas de valorização dos servidores da educação, atento ao diálogo franco e respeitoso com as categorias”. A pasta diz ainda que vem participando das mesas de negociação que trata de condições de trabalho dos servidores que atuam nas instituições de educação.

 

Abaixo, confira como está a situação pelo país.

 

Norte

Acre: servidores da Universidade Federal do Acre (Ufac) e do Instituto Federal do Acre (Ifac) estão em greve.

Amapá: servidores do Instituto Federal do Amapá (IFAP) e da Universidade Federal do Amapá (UNIFAP) aderiram à paralisação.

Pará: as federais do Pará (UFPA), do Oeste do Pará (Ufopa), Federal Rural da Amazônia (Ufra), e o Instituto Federal do Pará (IFPA) também estão em greve.

Rondônia: a Universidade Federal de Rondônia (Unir) e o Instituto Federal de Rondônia também estão paralisados.

Nordeste

Alagoas: tanto a Universidade Federal de Alagoas (UFAL) quanto o Instituto Federal de Alagoas (IFAL) estão paralisados.

Bahia: 17 campi do Instituto Federal da Bahia também entraram em greve.

Ceará, estão em greve a Universidade Federal do Ceará (UFC) Universidade Federal do Cariri (UFCA) Universidade Federal da Integração Luso-Afro Brasileira (Unilab) e o Instituto Federal do Ceará (IFCE).

Maranhão: técnicos e professores da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) também aderiram à paralisação.

Paraíba: estão em greve os técnicos da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), e professores e técnicos do Instituto Federal da Paraíba (IFPB).

Pernambuco: a greve afeta pelo menos a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Piauí: dois campi do Instituto Federal do Piauí e a Universidade Federal do Piauí (UFPI) Campus Teresina estão em greve.

Rio Grande do Norte: o Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), a Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa) e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) aderiram à paralisação.

Sergipe: estão paralisados o Instituto Federal de Sergipe (IFS) e a Universidade Federal de Sergipe (UFS).

Sul

Rio Grande do Sul: a Universidade Federal de Pelotas (UFPel), A Universidade Federal do Rio Grande (FURG), a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), a Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e três campi do Instituto Federal do RS estão paralisados.

Paraná: a Universidade Federal do Paraná (UFPR), a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), a Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) e o Instituto Federal do Paraná (IFPR) também estão em greve.

Santa Catarina: estão em greve servidores da Universidade Federal de SC (UFSC), da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), do Instituto Federal Catarinense (IFC) e do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC)

Sudeste

Espírito Santo: tanto o Instituto Federal do Espírito Santo (IFES) quanto a Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) estão em greve.

Minas Gerais: estão em greve a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), a Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ), a Universidade Federal de Viçosa (UFV), a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), e o Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM).

Rio de Janeiro: a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a Universidade Federal Fluminense (UFF), a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio) e o Colégio Pedro II estão em greve.

São Paulo: três campi do Instituto Federal de São Paulo e a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) foram afetados pela paralisação dos servidores.

Centro-Oeste

Distrito Federal: a Universidade de Brasília (UnB) está paralisada.

Mato Grosso: oito campi do Instituto Federal do Mato Grosso também aderiram à paralisação, assim como a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Mato Grosso do Sul: o Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) e a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) estão em greve.

 

 

Fonte: g1

Essa publicação é um oferecimento

DROGARIA POUPE JÁ

Educação

Alunos afirmam ter dificuldades para receber Pé-de-Meia

10/04/2024


 

Estudantes de Natal enfrentam dificuldades devido ao não recebimento do bônus de matrícula, no valor de R$ 200, do programa Pé-de-meia, criado pelo governo federal para combater a evasão escolar no ensino médio e diminuir a desigualdade no acesso à universidade e ao mercado de trabalho.

O problema persiste sete dias após lotéricas, na capital potiguar, apresentarem filas extensas, formadas durante o período de recebimento do valor, pago de acordo com o mês de aniversário dos alunos. Estudantes do Centro Educaional Senador Jessé Pínto Freire, que moram nos mais diversos lugares da capital e Grande Natal, aguardam o pagamento.

Esse é o caso do aluno José Mario, de 17 anos. Atualmente, no terceiro ano do ensino médio. Ele, que vive com os pais na cidade de São Gonçalo do Amarante, relatou que realizou o cadastro para receber o valor do programa e teve a ajuda dos pais em todo o processo de comprovação dos documentos. Inserido no Cadastro Único e também no progtama Bolsa Família, ele contou que atende os requisitos. Mesmo assim, não consegue acessar o aplicativo Caixa Tem, necessário para acessar o benefício.

Essa publicação é um oferecimento

Open Master - Agência de Desenvolvimento Web

Educação

Greve de servidores federais da educação tem adesão de 23 unidades no RN

08/04/2024

 

O Sindicato Nacional dos Servidores da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe) informou que a greve dos servidores federais está contando com a adesão de 360 unidades de ensino em 23 estados, incluindo o RN.

A greve aderiram à greve deflagrada na quarta-feira (3). De acordo com o Sinasefe, no RN, aderiram à greve 23 unidades. São elas:

 

IFRN – Mossoró

IFRN Reitoria

IFRN Campus Apodi

IFRN Campus Caicó

IFRN Campus Canguaretama

IFRN Campus Ceará-Mirim

IFRN Campus Currais Novos

IFRN Campus Ipanguaçu

IFRN Campus João Câmara

IFRN Campus Jucurutu

IFRN Campus Lajes

IFRN Campus Macau

IFRN Campus Natal-Central

IFRN Campus Natal-Centro Histórico

IFRN Campus Natal-Zona Leste

IFRN Campus Natal-Zona Norte

IFRN Campus Nova Cruz

IFRN Campus Parelhas

IFRN Campus Parnamirim

IFRN Campus Pau dos Ferros

IFRN Campus Santa Cruz

IFRN Campus São Gonçalo do Amarante

IFRN Campus São Paulo do Potengi

O movimento paredista abrange tanto o quadro técnico-administrativo como docentes da rede federal em pelo menos 23 estados. Inicialmente, a expectativa do sindicato era adesão de 230 unidades de ensino. Há, entre as entidades que registraram adesões, instituições de ensino ligadas ao Ministério da Defesa. A lista completa foi divulgada no site do Sinasefe.

 

Além de uma recomposição salarial que varia de 22,71% a 34,32%, dependendo da categoria, os servidores pedem também reestruturação das carreiras da área técnico-administrativa e de docentes; a revogação de “todas as normas que prejudicam a educação federal aprovadas nos governos Temer e Bolsonaro”; bem como a recomposição do orçamento e o reajuste imediato dos auxílios e bolsas dos estudantes.

 

ANNA RUTH DANTAS

Essa publicação é um oferecimento

MARE MOVEIS TOUROS

Educação

João Câmara: Ministra dos Povos Indígenas participa de colação de Grau de 1ª Turma do projeto Aprendendo a Aprender na comunidade do Amarelão

03/04/2024




 

O município de João câmara, mais precisamente a comunidade indígena do Amarelão recebeu nesta quarta-feira (30/04) a visita da Ministra dos Povo Indígenas, Sônia Guajajara que participou da cerimonia de colação de grau da 1ª Turma do Projeto Aprendendo a Aprender, na Associação Indígena da comunidade.

A Ministra foi recebida pelo prefeito Manoel Bernardo, o vice-prefeito Maurício Filho e o ex-prefeito Maurício Caetano, além da Secretária de Educação, Ozélia Medeiros e outras autoridades convidadas.

Após a cerimonia, a ministra conheceu a estrutura da escola indígena modelo e se encantou com as apresentações culturais da comunidade.

“Meu coração de professora ficou muito feliz com o convite para ser madrinha de turma na entrega dos certificados de conclusão do projeto Aprendendo a Aprender! Desejo um caminho lindo, muito sucesso e conquistas para a turma. Agradeço também ao prefeito de João Câmara, @manoelbernardojc, pelo convite!”, escreveu a Ministra e sua rede social.

Essa publicação é um oferecimento

RÁDIO FAROL - TOUROS

Educação

Deputados do RN aprovam aumento de 3,62% nos salários dos professores da rede estadual

03/04/2024


 

Os deputados estaduais do Rio Grande do Norte aprovaram à unanimidade, nesta terça-feira (2), o projeto de lei que reajusta os salários dos professores da rede estadual em 3,62%.

O reajuste deve beneficiar mais de 18,8 mil profissionais da ativa, aposentados e pensionistas. O piso salarial nacional fixado para o ano de 2024 foi de R$ 4.580,57.

O pagamento do retroativo aos meses de janeiro, fevereiro e março ainda vai ser negociado entre o governo e a categoria. O estado ainda paga de forma parcelada os reajustes dos anos de 2022 e 2023.

Após a aprovação, o projeto segue agora para sanção da governadora Fátima Bezerra (PT).

Nas redes sociais, a governadora e a secretária de Educação do RN, Socorro Batista, anunciaram que a sanção do projeto de lei ocorrerá nesta quarta-feira (3) e o reajuste será implementado na folha de salarial de abril.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Rio Grande do Norte (Sinte), os professores cujos rendimentos estavam abaixo do valor do piso no começo de 2024 tiveram o reajuste de 3,62% e o retroativo implementados ainda em março.

 

G1 RN

Essa publicação é um oferecimento

101 FM

Educação

PROGRAMA O POVO NA TV: O Prefeito De Pureza não atende os direitos da Categoria na Educação

28/03/2024

 

Prefeito da Cidade de Pureza/ RN Neto Moura não atende os direitos da categoria dos profissionais da educação, assim como reconhecimento das letras da categoria e contratará banda por 500 mil reais para evento revoltando a classe dos profissionais da educação.

Essa publicação é um oferecimento

POTIGUAR HONDA - TOUROS/RN

Educação

Menos da metade dos negros e dos nordestinos concluiu o ensino médio

22/03/2024


 

O relatório da Pnad Contínua: Educação 2023, divulgado nesta 6ª feira (22.mar.2024), mostra que só 48,3% da população negra no Brasil conseguiu concluir o ensino médio. Conforme o levantamento, a média para brancos é de 61,8%, enquanto a do país é de 54,5%.

No Nordeste, a distância do parâmetro nacional é ainda maior: só 45,6% completaram o ensino básico. O levantamento é realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) desde 2016 e utiliza dados coletados no 2º trimestre (abril a junho) de cada ano. Os dados de conclusão do ensino médio contemplam os brasileiros de 25 anos para cima.

Apesar da lacuna nesses grupos, o estudo aponta para uma tendência de inclusão na rede de ensino. Em 2022, 47% dos pretos e pardos tinham concluído o ensino básico –índice 1,3 ponto percentual menor do que o obtido em 2023. Já nos Estados nordestinos, a taxa anterior era de 44,1%. Em 2023, portanto, a região contou com acréscimo de 1,5 ponto percentual no acesso à educação básica.

A região Norte, por sua vez, passou a ter mais da metade da sua população formado com pelo menos o ensino médio. Em 2023, a taxa foi de 51%, contra 49,7% no ano anterior. No recorte por sexo, 56,3% das mulheres contam com o ensino médio completo. Entre os homens, esse percentual é de 52,4%.

 

Poder 360

Essa publicação é um oferecimento

ATELIÊ DO AÇAÍ

Educação

Estudantes podem consultar Pé-de-Meia a partir desta quarta (20)

19/03/2024


 

O estudante do ensino médio matriculado na rede pública poderá consultar, a partir desta quarta-feira (20), se está contemplado pelo Programa Pé-de-Meia do Ministério da Educação (MEC), uma espécie de poupança do ensino médio. A informação estará disponível no aplicativo gratuito Jornada do Estudante, a partir desta data.

Para quem não estiver neste primeiro momento entre os beneficiários do Pé-de-Meia, o MEC alerta que a lista não é definitiva, porque as informações estão sendo atualizadas pelas redes de ensino municipais, estaduais e do Distrito Federal, o que poderá resultar na inclusão de novos estudantes matriculados na rede pública de ensino durante o ano letivo. Os alunos podem acompanhar a atualização da condição no aplicativo Jornada do Estudante, à medida que o MEC consolida as informações enviadas pelas secretarias de Educação.

A plataforma virtual do MEC apresentará, também, orientações sobre a poupança do estudante de ensino médio, bem como o calendário de pagamento das parcelas.  Pelo cronograma, o MEC efetuará o pagamento do Incentivo-Matrícula do programa Pé-de-Meia, no valor de R$ 200, entre 26 de março e 3 de abril, conforme o mês de nascimento dos alunos. O valor será depositado em contas digitais abertas automaticamente pela?Caixa?Econômica Federal, nos nomes dos próprios estudantes.

 

EBC

Essa publicação é um oferecimento

POTIGUAR HONDA - TOUROS/RN

Educação

Inscrições para o Fies terminam nesta sexta-feira (15)

15/03/2024


Termina às 23h59 (horário de Brasília) desta sexta-feira (15) o prazo para inscrição no processo seletivo do primeiro semestre de 2024 do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Interessados devem se inscrever pelo?Portal Único de Acesso ao Ensino Superior.

Nesta edição, são?ofertadas?67.301 vagas?para financiamento?em?1.260?instituições privadas?de educação?superior.??A ordem de classificação e a pré-seleção de candidatos será divulgada no dia?21?de?março, em chamada única, também no Portal Único de Acesso ao Ensino Superior.?

 

Fies Social

 

A novidade instituída pelo Ministério da Educação este ano é o?Fies?Social,?que reserva?no mínimo?50% das vagas do Fies?para?inscritos no?Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Para ter direito?às vagas?reservadas,?é preciso ter?renda familiar?per capita de?até meio?salário?mínimo e ter feito?a?inscrição no?CadÚnico?até a data-limite de 10 de fevereiro de 2024.

 

Entenda

Instituído pela Lei nº 10.260, de 12 de julho de 2001, o Fies tem como objetivo conceder financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). Esses cursos devem ser ofertados por instituições de educação superior privadas que participam do programa.

 

Agência Brasil

Essa publicação é um oferecimento

DROGARIA POUPE JÁ

Educação

Inscrições para Fies Social começam na próxima terça-feira (12/03)

08/03/2024


 

O Ministério da Educação (MEC) publicou, no Diário Oficial da União desta quinta-feira (07), o Edital nº 10/2024, referente ao cronograma e aos demais procedimentos do processo seletivo para o primeiro semestre de 2024 do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), programa que oferta vagas para financiamento de cursos de graduação em instituições não gratuitas.

O edital detalha as novas regras para reserva de vagas, conforme determina o Fies Social, que beneficiará a população de baixa renda com a reserva de 50% das vagas de cada edição do Fundo para estudantes inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) que possuam renda familiar per capita de até meio salário-mínimo. Para esses estudantes, será permitido um financiamento de até 100% dos encargos educacionais. 

Outra mudança destacada no edital é referente às escolhas dos cursos por parte dos candidatos. Ao se inscrever no Fies, o estudante poderá escolher até três opções de cursos. Anteriormente, exigia-se que os cursos escolhidos pertencessem a um mesmo agrupamento de áreas, o que impedia que a inscrição fosse feita em um determinado curso em diferentes instituições e/ou localidades, por exemplo. Agora, o candidato poderá escolher três opções de cursos de diferentes grupos de áreas do conhecimento.  

Para definir os agrupamentos de cursos, o MEC realizou uma revisão das áreas de conhecimento consideradas prioritárias pelo Fies e incluiu cursos com maior empregabilidade e maior média salarial, além de cursos de licenciatura e pedagogia, voltados à atuação na educação básica. Assim, adotou como critério a Classificação Internacional Normalizada da Educação Adaptada para Cursos de Graduação e Sequenciais de Formação Específica (Cine Brasil), utilizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e alinhada com a Organização das Nações Unidas (ONU). 

Além disso, o MEC criou regra para melhor distribuir as vagas ofertadas entre os cursos com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Com isso, as vagas serão distribuídas do mais alto conceito de curso para o mais baixo, o que evitará a oferta para cursos ainda não avaliados. 

Fies Social – A partir de 2024, com o Fies Social, instituído pela Resolução nº 58/2024, o MEC visa retomar o papel?social?do financiamento estudantil, uma vez que ele é destinado a atender às necessidades de estudantes de baixa renda.   

Fies – O Fies, instituído pela Lei nº 10.260, em 2001, oferta vagas para financiamento de cursos de graduação em instituições não gratuitas com avaliação positiva no Sinaes. 

 

Leia a íntegra do Edital nº 10/2024. 

 

Cronograma 

 

Inscrição: 12 a 15 de março 

Resultado: 21 de março 

Complementação da inscrição de quem for pré-selecionado: 22 a 26 de março 

 

AGORA RN

Essa publicação é um oferecimento

MARE MOVEIS TOUROS

Educação

Educação: Servidores da rede estadual aprova proposta do Governo para atualizar o Piso de 2024

06/03/2024


                                                  Imagem: Lenilton Lima

 

Reunidos em Assembleia Geral Extraordinária (AGE) na última quinta-feira (29), no auditório da Escola Estadual Winston Churchill, em Natal, por convocação do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN (Sinte/RN) os trabalhadores em educação da rede estadual aprovaram a proposta do Governo Fátima Bezerra para atualizar o Piso Nacional Salarial de 2024.

Agora, além de comunicar ao Poder Executivo a deliberação definida pela categoria, os dirigentes do sindicato vão pedir que a Secretaria Estadual de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (SEEC) corrija a proposta que registrou no documento recebido pela entidade.

“Isso porque a pasta não oficializou a necessidade de discutir o retroativo posteriormente, tampouco disse que vai encaminhar o projeto de lei à Assembleia Legislativa em regime de urgência”, registra informação publicada através do portal virtual da entidade sindical.

Essa publicação é um oferecimento

DROGARIA POUPE JÁ

Educação

RN inicia o ano letivo atrasado em comparação com outros estados do Nordeste

05/03/2024


 

Última rede estadual de ensino do Nordeste a iniciar as aulas do ano letivo de 2024, o Rio Grande do Norte retomou o ano letivo, nesta segunda-feira (4), em 586 escolas distribuídas nos 167 municípios do estado. A Secretaria Estadual de Educação (SEEC) apontou que o “atraso” no calendário se deu em razão da greve dos professores realizada no ano passado para implantação do reajuste do piso salarial.

Entretanto, outros estados nordestinos como Maranhão, Bahia e Alagoas também passaram por greves no ano anterior, e retomaram o ano letivo antes do RN.

Fernando Francelino, diretor da Escola Estadual Winston Churchill, ressalta que apesar do início tardio das aulas, as expectativas para o ano letivo são as melhores. O gestor pondera que o calendário ofertado atende a Lei de Diretrizes Básicas da Educação, que estabelece a carga horária mínima anual de 200 dias letivos no ano. “Apesar do início ser em março esse ano, muito por decorrência do que ocorreu no ano anterior, da questão da greve, mas não é a primeira vez que o ano começa em março.”, explica Fernando.

Segunda menor média de horas-aula no Nordeste

De acordo com o Censo Escolar 2023, do Ministério da Educação, o Rio Grande do Norte tem o segundo menor número de aulas diárias do Nordeste, com média de 5,2 horas-aula por dia no ensino médio. No Brasil, o RN é o 20º colocado do ranking. A média do ensino fundamental também é baixa, com 4,9 horas-aula, sendo o penúltimo no Nordeste e o 20º do país.

 

Tribuna do Norte

Essa publicação é um oferecimento

MG ENERGIA SOLAR

Educação

UNINTA TOUROS REALIZOU A FORMATURA DOS SEUS ALUNOS!

04/03/2024



 

Nesta última sexta feira, dia 01 de março, o centro universitário UNINTA, fez história na cidade de Touros, realizando a formatura dos seus alunos dos cursos de Administração, Pedagogia, serviço Social e Estética e Cosmética.

O evento foi realizado no Vila Galé, onde os alunos receberam seus diplomas e a outorga de grau. A diretora do uninta touros, dona Socorro, nos falou da grandiosidade do evento e em como é grata a população de Touros e região pelo reconhecimento da importância da Uninta na cidade, agradeceu também ao prefeito Pedro Filho e ao presidente da Câmara Tiago de Zezinho que sempre apoiaram e incentivaram o crescimento da instituição.

Com o mesmo entusiasmo, a professora, advogada e coordenadora jurídica do Uninta Touros, dra. Mayara Dantas, expressou a alegria em formar mais 15 profissionais extremamente competentes para o mercado de trabalho.

“O uninta tem como missão, levar uma educação de qualidade para todos” disse a professora. A rádio farol, esteve presente no evento e parabeniza o centro universitário pela organização e competência.

Essa publicação é um oferecimento

RÁDIO FAROL - TOUROS

Educação

João Câmara: Semana Pedagógica 2024 tem encerramento em grande estilo

01/03/2024


 

A Prefeitura Municipal de João Câmara através da Secretaria Municipal de Educação finalizou a Jornada Pedagógica 2024 com o tema “Desafios e Estratégias para uma Alfabetização Integral: Equidade e Garantia de Direitos de Aprendizagem” destinado aos profissionais de educação da Rede Pública de Ensino.

Nesta quinta-feira (29) o evento foi contemplado com a apresentação do Prof. Isaque Folha e da Profa. Lourdes Itiê que encerraram mais uma Jornada Pedagógica de grande sucesso.

 

BLOG DO MOISÉS ARAÚJO

Essa publicação é um oferecimento

POTIGUAR HONDA - TOUROS/RN

Educação

Após dois adiamentos, MEC espera divulgar segunda chamada do Prouni nesta sexta-feira

01/03/2024


 

O MEC (Ministério da Educação) espera divulgar o resultado da segunda chamada do Prouni (Programa Universidade para Todos) nesta sexta-feira (1º). A previsão inicial era de que a lista fosse disponibilizada no site na última terça-feira (27), mas a publicação sofreu dois adiamentos. Para acessar os resultados, o aluno deve entrar no Portal Único de Acesso ao Ensino Superior. O R7 entrou em contato com o MEC pedindo uma manifestação sobre as mudanças e aguarda resposta.

Com o novo calendário, as datas de confirmação de matrícula e inscrições na lista de espera também sofreram alterações.

 

R7

Essa publicação é um oferecimento

MARE MOVEIS TOUROS

Próxima Última página